Category: Saúde e Bem Estar

PASTORAL DA CRIANÇA EM SÃO JOSÉ DA BELA VISTA

A PASTORAL DA CRIANÇA VEM REALIZANDO UM BELÍSSIMO TRABALHO EM SÃO JOSÉ DA BELA VISTA , COM UMA TRABALHO TOTALMENTE VOLUNTARIO , ONDE AS VOLUNTARIAS REALIZAM A PESAGEM DA CRIANÇA E FAZEM UM ACOMPANHAMENTO SEMANAL DESSAS CRIANÇAS , FAZEM VISITAS NAS CASAS ONDE PODEM VERIFICAR SE A CRIANÇAS ESTÁ DESENVOLVENDO PARA UMA SAÚDE PERFEITA , PARABÉNS A TODAS AS VOLUNTARIAS DA PASTORAL DA CRIANÇA PELO BELÍSSIMO TRABALHO REALIZADO EM SÃO JOSÉ DA BELA VISTA

GEDSC DIGITAL CAMERA

Academia HCG inaugurará seu novo ambiente na próxima semana

Quem está acostumado a frequentar a academia, encontrará, esta semana, as portas fechadas.

A academia conta com várias modalidades de exercícios

O Hotel Casa Grande vai inaugurar na próxima segunda-feira (4) a nova unidade da Academia HCG. O novo espaço contará com uma sala de musculação de 230 m² equipada com equipamentos de alto nível e uma sala para exercícios aeróbicos. A academia ainda conta com uma piscina semi-olímpica, duas piscinas infantis, e uma quadra poliesportiva.

Além das aulas de musculação, a Academia HCG oferece outras modalidades, como aulas de Jump, Step, Pump, pilates, natação, hidroginástica e artes marciais – Jiu-Jitsu e Muay-Thai. Tudo isso com professores altamente qualificados.

No dia da inauguração, nutricionistas e atletas da Loja ProSports de Franca, estarão presentes para tirar dúvidas sobre alimentação e suplementação. “É um ótimo momento, para quem já frequenta ou quem quer começar a frequentar a academia, de saber um pouco mais como é importante uma boa alimentação para quem realiza exercícios físicos”, disse o personal trainer, Hugo Damando.

Agora não tem desculpas para o belavistense não se exercitar, pois são várias modalidades para pessoas de todas as idades.

É por tudo isso que quem procurar a academia durante essa semana encontrará as portas fechadas, pois o novo ambiente está sento estruturado.

A academia oferece todos esses benefícios a um preço acessíveis e planos familiares promocionais.

Fim de verão, e agora qual dieta seguir?

Tahis Silva Castro – CRN: 28.861. Nutricionista responsável pela Alimentação Escolar da Prefeitura de São José da Bela Vista.

Artigo escrito pela nutricionista Thais Silva Castro à pedido do Caderno de Notícias

Com o término das festas e férias, percebemos que ganhamos alguns quilinhos a mais do que esperávamos e com isso sentimos vontade de iniciar alguma dieta e tentar eliminar aqueles quilinhos indesejáveis.

Nessa época surgem vários tipos de dieta o qual são chamadas “dietas da moda”, tais como: dieta do carboidrato, dieta da proteína, dieta do óleo de coco, entre outras. Esses tipos de dietas excluem da alimentação alguns alimentos necessários para o nosso organismo ou inserem outros alimentos que não fazem parte do nosso cotidiano.

Algumas dietas têm resultados imediatos, porém em longo prazo você poderá sentir necessidade de ingerir aquele tipo de alimento que foi excluído ou ter aversão aquele alimento ingerido, o qual não faz parte da nossa rotina, e com isso, poderá recuperar todo o peso que você perdeu, acontecendo então o “efeito sanfona” (ato de emagrecer e engordar repetidas vezes).

Para realizar uma dieta saudável e que tenha resultados positivos por tempo prolongado, deve-se consumir moderadamente todos os tipos de alimentos de forma habitual, pois cada um deles é constituído de diversos elementos chamados de nutrientes, e cada um destes nutrientes é responsável por determinadas funções no organismo.

Os nutrientes presentes nos alimentos podem ser:

Carboidratos, tendo como fontes: cereais (arroz, milho, trigo, aveia), raízes e tubérculos (batata doce, batata inglesa, mandioca, inhame, mandioquinha), farinhas (milho, trigo, mandioca, aveia), macarrão, pães, bolachas, broas, açúcar (mascavo e refinado) e mel;

Proteínas, sendo encontras nas carnes (bovina, suína, aves, pescados e miúdos), ovos, leite e derivados (requeijão, queijos, iogurtes, coalhada etc.) e leguminosas (feijões, ervilha, lentilha, soja, etc.);

Gorduras, sendo suas fontes as gorduras vegetais (óleo de soja, girassol, milho, algodão, azeite, canola, creme vegetal (margarina) e gorduras animais (banha, toucinho, manteiga, creme de leite); vale ressaltar que devemos evitar o consumo de gorduras animais e dar preferência aos óleos vegetais pois a ingestão dos mesmos estão associados com a proteção da saúde cardiovascular.

Vitaminas e Minerais, estando presentes nas frutas (laranja, banana, abacaxi, mamão, manga, melancia, etc.) e hortaliças (alface, repolho, acelga, couve, cenoura, berinjela, etc.).

Portanto, para que a perda de peso seja adequada e não prejudique o nosso organismo, devemos inserir em nosso dia-a-dia uma dieta equilibrada, atividades físicas regulares e respeitar sempre as características de cada indivíduo (como peso, altura, sexo, idade, situação econômica etc.), garantindo assim o nosso bem estar.

Mas lembre-se, antes de iniciar qualquer tipo de dieta procure um profissional Nutricionista.

 

São José da Bela Vista participará da Mobilização da Saúde na Escola

Foto divulgação

A Secretaria da Saúde e a Secretaria da Educação de São José da Bela Vista aderiram a Semana da Saúde na Escola, que acontecerá anualmente com um tema de mobilização nacional.  Para o ano de 2012 foi escolhido o tema de prevenção da obesidade, que deverá ser trabalhado pelas escolas em parceira com a Rede de Atenção Básica à Saúde ao longo dos dias 05 a 09 de março de 2012, com foco nos escolares e suas famílias.

O intuito é incentivar as boas práticas de saúde para a melhoria do desenvolvimento integral das crianças, adolescentes e jovens no âmbito da escola para a formação da cidadania e fortalecimento das políticas públicas de saúde e educação, visando a aproximação da população com a Rede de Atenção Básica à Saúde.

Segundo a secretária da Saúde, Cíntia, o município aderiu e assinou voluntariamente o Termo de Compromisso do Programa Saúde na Escola e se comprometeu acessando o Sistema de Monitoramento do Programa Saúde na Escola, considerando as parcerias entre a equipe da escola e a equipe de saúde da família.

Confira abaixo a programação:

05/03/2012- Escola Estadual “Maciel de Castro Junior”

06/03/2012- EMEB ”José Renato Nogueira Ambrósio”

07/03/2012- EMEB “João Justino de Medeiros” e EMEB “São José”

08/03/2012 e 09/03/2012- EMEB “Nestor Damando”

Como se ter uma vida “mais saudável”

Artigo escrito pelo Dr. César A. Berteli Nehemy à pedido do Caderno de Notícias

Dr. César Augusto Berteli Nehemy.           É formado em Farmácia e Farmácia Industrial. Especialização: Farmacologia.                 CRF 36507. Concluindo a graduação em Educação Física (Bacharelado) ao final de 2012.

Para falar sobre SAÚDE e BEM-ESTAR é preciso primeiro conceituarmos tais assuntos.

Mas ao conceituar bem-estar, me dei conta do quanto ele pode ser subjetivo, pois o meu conceito de bem-estar pode ser, e provavelmente será, diferente do conceito de cada indivíduo. Procurei diversas definições acadêmicas, pedi a opinião de várias pessoas, consultei dicionários, até que enfim, encontrei uma definição que considerei talvez a mais perfeita ou mais adequada e foi a seguinte:

O bem-estar é um processo ativo de equilíbrio que é sustentado por 3 pilares:

  • Físico
  • Material
  • Emocional

O bem-estar físico está diretamente relacionado com a saúde do corpo, da mente e do meio ambiente no qual vivemos.

O bem-estar material tanto é pessoal como o da sociedade à nossa volta. Isto significa que não é possível haver bem-estar se nós pudermos ter conforto material (vivermos na casa que queremos, guiarmos os carros dos nossos sonhos, comprarmos o que desejamos) e os nossos vizinhos ou os nossos próximos viverem na penúria. Este campo é vasto e sujeito a grande desenvolvimento, pois sempre haverá desigualdade social pelos mais diversos motivos. No entanto, para podermos ter e desfrutar de bem-estar material temos o dever de contribuir e ajudar terceiros a melhorarem a sua qualidade de vida e bem-estar material.

O bem-estar emocional são os nossos relacionamentos. Estes são variados: família e amigos, profissional, com o Divino, com “outros” e, acima de tudo, com nós mesmos.

Ao atingir o equilíbrio nestes três pilares, alcançamos a liberdade.

Foi uma surpresa termos chegado a esta conclusão e foi também uma alegria, pois sem liberdade não há nada.

Repetindo a pergunta: “o que é o Bem-Estar?” podemos então defini-lo da seguinte forma:

O bem-estar é um processo ativo de equilíbrio que assenta sobre um pilar físico, um pilar material e um pilar emocional que nos conduz à liberdade.

Tendo então encontrado uma definição sobre bem-estar, busquei então definir saúde.

Segundo o dicionário “Aurélio”, “SAÚDE” significa conservação da vida, robustez, vigor, estado em que se é sadio ou são, disposição do organismo, moral ou mental. Segundo Almeida Filho, saúde vem do latim “salutis” que origina também, desde salvar (livrar do perigo, afastar o risco), até saudar (desejar saúde) e são; de “sânus” se originam sanidade e sanitário. Enfim, saúde é salvação, conservação da vida, vigor.

Christopher Boorse definiu em 1977 a saúde como a simples ausência de doença; pretendia apresentar uma definição “naturalista”. Em 1981, Leon Kass questionou que o bem-estar mental fosse parte do campo da saúde; sua definição de saúde foi:

“o bem-funcionar de um organismo como um todo”, ou ainda “uma atividade do organismo vivo de acordo com suas excelências específicas.” Lennart Nordenfelt definiu em 2001 a saúde como um estado físico e mental em que é possível alcançar todas as metas vitais, dadas as circunstâncias.

As definições acima têm seus méritos, mas provavelmente a segunda definição mais citada também é da OMS (Organização Mundial de Saúde), mais especificamente do Escritório Regional Europeu: A saúde é uma medida em que um indivíduo ou grupo é capaz, por um lado, de realizar aspirações e satisfazer necessidades e, por outro, de lidar com o meio ambiente.

A saúde é, portanto, vista como um recurso para a vida diária, não o objetivo dela; abranger os recursos sociais e pessoais, bem como as capacidades físicas, é um conceito positivo.

Na constituição federal é direito de todos e dever do Estado e na lei orgânica: A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais. Os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do País.

Mas afinal, qual é o objetivo deste artigo?

Além de trazer ao leitor conceitos atualizados sobre bem-estar e saúde, este artigo tem também o intuito de levar o leitor a pensar a respeito dos seus próprios conceitos relacionados ao tema de partida e também de analizar se seus direitos se fazem valer.

A partir destes conceitos iniciais, daremos segmento a outros artigos de utilidade pública envolvendo os mais variados temas relacionados à manutenção da saúde e bem-estar públicos e pessoais.

 

Farmácia oferece remédio de graça para hipertensos e diabéticos

O farmacêutico Marcelo entregando os remédios para uma cliente.

A oferta de medicamentos gratuitos foi normatizada por portaria do Ministério da Saúde e viabilizada por acordo com entidades da indústria e do comércio farmacêutico, que reduzem sua margem de lucro sobre cada medicamento, para que o usuário o leve para casa sem nenhum custo. Em contrapartida, o ministério se compromete a ampliar a oferta de medicamentos pelo programa.

São José da Bela Vista já possuem farmácias conveniadas que disponibilizam para toda a população os medicamentos gratuitos. Exemplo disso é a Drogaria São José, também conhecida pelos belavistenses como farmácia do Wagner, que oferece desde março de 2010 medicamentos de graça para diabéticos e hipertensos. Além disso, ainda oferece fraldas geriátricas, anticoncepcionais e remédios para o tratamento do colesterol por 25% do preço de mercado.

Segundo o farmacêutico Marcelo Del Bianco Sampaio, que é sócio da drogaria, foi necessário aguardar um ano para que a farmácia pudesse se conveniar com a rede Aqui Tem farmácia Popular e hoje distribui gratuitamente até 5 mil caixas de medicamentos. “Esse convenio trouxe inúmeros benefícios para a população local, que sempre pagou caro por medicamentos que são essenciais para se manter a qualidade de vida”, disse Marcelo.

Para obter o medicamento, é necessário apresentar à farmácia CPF e receita médica, exigida para evitar a automedicação.  A listagem completa dos itens disponibilizados pode ser acessada em www.saude.gov.br